Bioquímica

Bioquímica é o estudo das reações químicas que ocorrem nos seres vivos, e em particular nas células. A complexidade dos processos químicos biológicos é controlada através da sinalização celular e transferência de energia durante o metabolismo. Por meio século, a bioquímica conseguiu explicar um número considerável de processos biológicos, a ponto de praticamente todos os campos da biologia, da botânica à medicina, estarem envolvidos em pesquisas. bioquímico, até biotecnológico. Atualmente, o principal objetivo da bioquímica é entender, integrando os dados obtidos no nível molecular, como as biomoléculas e suas interações geram as estruturas e os processos biológicos observados nas células, abrindo caminho para a compreensão dos organismos em seu conjunto. Nesse contexto, a química supramolecular está interessada em complexos moleculares, como organelas, que constituem um nível de organização da matéria viva intermediário entre moléculas e células.

A bioquímica está particularmente interessada nas estruturas, funções e interações de macromoléculas biológicas, como carboidratos, lipídios, proteínas e ácidos nucléicos, que constituem estruturas celulares e desempenham inúmeras funções biológicas. A química celular também depende de moléculas e íons menores. Estes podem ser inorgânicos, por exemplo, o íon hidrônio H3O +, hidroxil OH – ou cátions metálicos, ou orgânicos, como os aminoácidos que compõem as proteínas. Essas espécies químicas são essencialmente constituídas por hidrogênio, carbono, oxigênio e nitrogênio; lipídios e ácidos nucléicos contêm adicionalmente fósforo, enquanto proteínas contêm enxofre e íons e alguns cofatores consistem em ou incluem oligoelementos como ferro, cobalto, cobre, zinco, molibdênio, iodo, bromo e selênio.

Os resultados da bioquímica encontram aplicações em muitos campos, como medicina, dietética ou até agricultura; na medicina, os bioquímicos estudam as causas das doenças e os tratamentos que podem curá-las; os nutricionistas usam os resultados da bioquímica para projetar dietas saudáveis, enquanto a compreensão dos mecanismos bioquímicos ajuda a entender os efeitos das deficiências alimentares; aplicada à agronomia, a bioquímica permite projetar fertilizantes adaptados a diferentes tipos de culturas e solos, além de otimizar a produção, o armazenamento e a eliminação de parasitas.

Carl Neuberg é creditado por ter introduzido o termo em 1903 a partir das raízes gregas, mas esse termo já estava circulando na Europa desde o final do século XIX. Junto com a biologia molecular e a biologia celular, a bioquímica é uma das disciplinas que estudam o funcionamento dos seres vivos. Ela abrange vários ramos, como a bioenergética, que estuda a transferência de energia química nos seres vivos, a enzimologia, que estuda as enzimas e as reações que catalisam, ou a biologia estrutural, interessada nas relações entre as funções bioquímicas das moléculas e seus componentes. estrutura tridimensional.

You cannot copy content of this page